Me Tornei Mãe... E Não Estava Preparada

14/02/2019

 

Parar de tomar o anticoncepcional e usar preservativo, esperar ansiosa pelo dia da menstruação (torcendo para que ela não venha), comprar o teste de farmácia e confirmar com o médico a tão esperada gravidez! Para muitas mulheres esse é o caminho carregado em um turbilhão de emoções e, que para algumas dura pouco tempo e para outras leva meses e até anos. Só que nós não somos iguais e nem todas estão planejando uma gravidez quando ela acontece. E o que é mais incrível, algumas mulheres só descobrem que estão grávidas com muitos meses e até na hora do parto. Como assim????? Isso não é tão raro de acontecer.

 

Se nove meses já se torna pouco tempo para se preparar para a chegada dessa pessoinha, imagina para quem tem muito menos tempo ou nenhum tempo? Como assimilar todas as mudanças que irão acontecer de agora em diante?

 

Vamos então tentar entender porque para algumas mulheres  essa gravidez não é sinalizada logo no início.

O mais comum é a mulher começar a desconfiar de uma possível gravidez quando há o atraso na menstruação. Seguido a isso, há o aumento e a sensibilidade nos seios. A partir daí começam enjoos pela manhã, a perda da cintura e o ganho de peso. Então é impossível passar por uma gravidez e não perceber que está grávida, certo? Nem sempre! Acreditem, algumas mulheres não descobrem que estão grávidas e levam um susto quando recebem essa notícia de um médico.

 

Alguns casos são de pessoas que estavam tentando engravidar e não conseguiam. Aí a mulher desanima, deixa para lá e passa a não viajar mais seus ciclos. Em algumas situações, os ciclos são tão irregulares (muito comum em mulheres com ovário policístico), que algumas mulheres ficam 60 ou até 90 dias sem menstruar. Para elas, o atraso na menstruação, é algo normal.

 

Em outros casos, é quando acontece a gravidez após os 40 anos, onde o ciclo pode estar se tornando irregular pela proximidade da menopausa, e há nesse período um ganho de peso mais acelerado, fazendo com que a mulher não perceba o início de uma gravidez, que pode vir sem apresentar nenhum enjoo ou mal estar. E quando enjoam, acabam achando que é algum mal estar relacionado ao que comeram ou a uma dor de cabeça e tomam medicamentos sem nem imaginar que há um serzinho ali causando isso tudo.

 

Nessas situações, a mulher pode descobrir por volta da 20ª a 22ª semana, quando a barriga começa a crescer mais e há movimentos do bebê. Nesses casos, já se foi metade da gestação. Mesmo assim, algumas podem levar um tempo para aceitar e por não estar preparada para esse momento, psicologicamente não sentem o movimento do bebê e atribuem alguns sintomas a problemas de saúde. A negação é um mecanismo de defesa inconsciente, quando não estamos preparadas para lidar com uma situação estressante.

 

E ás vezes, a mulher engravida e não percebe que engravidou, e resolve usar um método contraceptivo já estando grávida. Então, quando passa mal, tem certeza que não é uma gravidez. As semanas passam, a mulher coloca pouca barriga, tem um bebê pequeno ou está tão acima do peso que não percebe a mudança corporal. E um dia passando muito mal, vai a um hospital e descobre que não só está grávida, mas já está com risco de entrar em trabalho de parto. Imagina a loucura que deve ser isso. Vi muitos casos assim de meninas adolescentes, que não se precaveram no início da relação e resolviam utilizar a pílula ou o preservativo depois, já estando grávidas.

 

O importante de tudo isso é entendermos que cada mulher é diferente, com histórias de vida também especiais e que nem todos os sintomas clássicos podem estar presentes em uma gravidez. Por isso é tão importante um acompanhamento da saúde, exames de rotina e um cuidado com profissionais especializados (nutricionistas, ginecologistas, psicólogos...) porque, por mais estranho que possa parecer, essas situações não são tão raras de acontecer e nosso corpo é e sempre será uma caixinha de surpresas,

Please reload

Rua Santo Afonso, 44, Sala 801, Tijuca

Rio de Janeiro, RJ, CEP 20511-170

(21) 2143-4599

(21) 2254-8186

(21) 99144-5442

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn

luciananovaes.com © 2014  Todos os direitos reservados.