Melhor País para os Bebês

19/04/2018

 

A Unicef divulgou um ranking sobre os melhores países do mundo para se criar um bebê.

O principal ponto na avaliação desse índice é a taxa de mortalidade no primeiro ano de vida.

O Japão é o local que ficou em primeiro lugar, lá 1 em cada 1.111 bebês nascidos vivos acaba falecendo, diferente do Paquistão, considerado o pior lugar,onde essa taxa cai para 1 a cada 22 bebes nascidos.

 

Globalmente, nos países de baixa renda, a taxa média de mortalidade neonatal é de 27 mortes por 1.000 nascimentos, diz o relatório. Em países de alta renda, essa taxa é de 3 mortes por 1.000. Os recém-nascidos dos lugares mais arriscados para se dar à luz têm até 50 vezes mais probabilidade de morrer do que aqueles dos lugares mais seguros.

 

Os 10 primeiros são:

  1. Japão.

  2. Islândia.

  3. Cingapura.

  4. Finlandia.

  5. Estônia

  6. Eslovênia.

  7. Chipre.

  8. Belarus

  9. Coreia do Sul.

  10. Noruega.

O Brasil está 76º posição, de 184 países avaliados.

 

Mais de 80% das mortes de recém-nascidos são decorrentes de prematuridade, complicações durante o nascimento ou infecções como pneumonia, diz o relatório. Essas mortes podem ser evitadas com acesso a atendimento capacitado na hora do parto, morar em locais com saneamento básico, ter água limpa, amamentação na primeira hora de vida, contato pele a pele e boa nutrição.

 

Em fevereiro o UNICEF lançou a campanha Every Child ALIVE (Cada Vida Conta), uma campanha global para exigir e oferecer soluções em prol dos recém-nascidos do mundo.

 

Fonte: https://www.unicef.org/brazil/pt/media_38078.html

 

Please reload

Rua Santo Afonso, 44, Sala 801, Tijuca

Rio de Janeiro, RJ, CEP 20511-170

(21) 2143-4599

(21) 2254-8186

(21) 99144-5442

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn

luciananovaes.com © 2014  Todos os direitos reservados.