Perigo físico na pizzaria Happy Hour: a falta de responsabilidade de um estabelecimento.

17/11/2014

No último sábado (15/11/2014) aproveitando o feriado, minha família decidiu fazer um lanche e comer uma pizza da Pizzaria Happy Hour, que fica na Rua Barão de Mesquita, 1105, no Grajaú, bairro do Rio de Janeiro. Pedimos uma pizza 1/2 Margherita e 1/2 Calabresa e de sobremesa uma de Chocolate. Quando começo a cortar a pizza doce, percebo que esbarro em alguma coisa; e qual não foi meu espanto ao me deparar com um parafuso, completamente escondido no meio do creme de chocolate.

 

Pensei na mesma hora: como pizza doce é muito consumida por crianças, e se esse parafuso passasse despercebido e uma criança comendo com as mãos o levasse a boca sem perceber? Olha o perigo!!!!!

 

Já entrei em contato com a ANVISA e com o PROCON solicitando a vistoria dos establecimentos nessa região.

Hoje se sabe que um alimento de qualidade vai muito mais além do sabor e da aparência. Existem questões higiências que devem ser levadas a sério na hora de se produzir um alimento. Um perigo biológico, químico ou físico (como foi o caso) pode trazer consequências sérias, desde uma intoxicação, levando a uma internação ou até mesmo a morte. Não é brincadeira e nem exagero. Para isso existem profissionais capacitados como o nutricionista e ferramentas como o APPCC, que podem garantir a qualidade dos alimentos produzidos e comercializados.

 

A análise de perigos no processamento de alimentos é utilizada para identificar perigos significativos e caracterizar as medidas preventivas correspondentes, modificar processo ou produto para garantir a segurança quando necessário (aplicação de medidas preventivas), e também servir de base para identificação dos pontos críticos de controle (PCC), considerando a aplicação de medidas preventivas (de controle) para a implantação do Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle como ferramenta da qualidade para o controle do processo (SILVA, 2012).

 

Em resumo: a presença de um nutricionista competente, faz com que haja um controle higiêncio-sanitário desde a produção da matéria-prima, até o fornecedor e como essa materia prima e esse alimento produzido será manipulado na cozinha, garantindo a segurança alimentar.

 

 

 

Please reload

Rua Santo Afonso, 44, Sala 801, Tijuca

Rio de Janeiro, RJ, CEP 20511-170

(21) 2143-4599

(21) 2254-8186

(21) 99144-5442

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn

luciananovaes.com © 2014  Todos os direitos reservados.